Erupção dentária - Quais sintomas?

O início da erupção dentária marca um período muito importante da vida da criança e traz implicações aos que lidam diretamente com a sua saúde. Assim, pelas alterações que podem acompanhá-la, surge como um possível transtorno para pais e crianças.

Mas antes de avançar para os sintomas que podem surgir no decorrer deste processo, e consequentemente os transtornos inerentes, vamos apenas elucidá-lo(a) sobre como podemos e devemos definir erupção dentária, unicamente com o objetivo de melhor compreendermos os sintomas.

Erupção dentária pode ser definida como o movimento migratório realizado por um dente em formação, do seu local de desenvolvimento para a posição funcional na cavidade oral. Normalmente, o primeiro dente decíduo irrompe entre os quatro e dez meses de idade (sendo mais frequente o aparecimento do primeiro dente por volta dos 6 meses), estando normalmente todos os dentes decíduos presentes na cavidade bucal por volta dos 30 meses de idade.

Assim, e segundo a Dra. Maria João Silva ( Odontopediatria na Remiclínica ), podemos então definir erupção dentária como “... um processo inflamatório e fisiológico implicando algum desconforto associado a alguns dentes, normalmente aos últimos molares decíduos ( 3 anos ) ou então aos primeiros molares definitivos (6, 7 anos)...”.

Quais são então os sinais e sintomas associados à erupção dentária?

A erupção dentária está normalmente associada a desconforto à medida que a saída do dente ocorre através da gengiva. A gengiva poderá ficar levemente inchada e vermelha.

Concretamente em relação aos sintomas destacamos o aumento da salivação, o levar mais frequentemente das mãos à boca, a recusa alimentar ou a dificuldade em adormecer.

As crianças normalmente apresentam sensação de desconforto durante os dias que antecedem a erupção. Cada caso é um caso e algumas crianças ficam mais desconfortáveis que outras durante o processo de migração do dente através dos tecidos até à linha da gengiva.  Os dentes molares devido à sua maior superfície normalmente causam mais desconforto que os incisivos.

O que fazer para aliviar o desconforto do seu bebé?

A fricção das gengivas com o dedo ou objetos frios poderá ajudar o bebé a sentir-se mais confortável e diminuir a inflamação, normalmente não está indicada medicação para alívio dos sintomas associados à erupção dentária e a partir do momento em que aparece o primeiro dente do seu bebé deverão ser tomadas medidas no sentido de evitar a formação de placa bacteriana e cáries dentárias.

Marcar uma Consulta
Nome (Obrigatório)
Telémovel (Obrigatório)
Data pretendida (Obrigatório)
Especialidade
Observações
Transcreva os seguintes números: 4924
Fechar
Será contactado pelos nossos serviços logo que possível para confirmar a consulta.
Será contactado pelos nossos serviços logo que possível para confirmar a consulta.