Para a maioria das pessoas, o consumo de doces é algo agradável. E, naturalmente, não deve ser totalmente proibido. Porém, há algo a reter: a moderação e os cuidados de higiene oral são o grande aliado a esse consumo ocasional.

> Não prolongue os doces durante o dia - um dos fatores responsáveis pelo aparecimento de cáries é o tempo de contacto do açúcar com as superfícies dentárias. Ainda que comer muitos doces de seguida possa não ser o melhor comportamento para a saúde geral, em relação aos dentes poderá ser considerada a opção menos má. Comer todos os doces de seguida e lavar os
dentes logo após terminar seria preferível ao invés de ir comendo várias guloseimas ao longo do dia. Se pretende comer alguns doces durante o dia, prefira fazê-lo logo após a refeição. Tal não fará interferência com o ciclo de pH da nossa boca e não constituirá um maior número de ataques ácidos.

> Não comer doces antes de dormir.

Regra básica: se ingerir doces antes de dormir, alguns açúcares irão permanecer em boca durante a noite, isto é, durante várias horas. Assim, a probabilidade de contrair cáries é muito maior. Isto acontece mesmo que escove os dentes.

> Cuidado com os doces duros ou pegajosos.

Doces mais duros como rebuçados, caramelos ou chupa-chupas, podem originar dentes partidos com alguma facilidade. Por outro lado, os doces mais pegajosos – assim como bolachas - aderem facilmente à superfície dos dentes, favorecendo o aparecimento de cáries.

> Evite os doces mais ácidos pois são os que mais contribuem para o desgaste do esmalte.

> Mastigue pastilha sem açúcar pois vai estimular a produção de saliva, diminuindo os efeitos nocivos dos ácidos e das bactérias.

> Se tem filhos pequenos, prorrogue ao máximo o primeiro contacto com alimentosaçucarados.

Quanto mais tarde uma criança provar alimentos açucarados, melhor. Como
nunca provou antes, não tem “saudade” do sabor adocicado e tal constituirá um ganho enorme em saúde tanto geral como oral, beneficiando de várias vantagens mesmo ao nível do desenvolvimento.

Pense duas vezes antes de oferecer um doce a uma criança, inclusive se ele
não é seu filho, pois poderá ir contra o desejo dos educadores.

Marcar uma Consulta
Nome (Obrigatório)
Telémovel (Obrigatório)
Data pretendida (Obrigatório)
Especialidade
Observações
Transcreva os seguintes números: 6606
Fechar
Será contactado pelos nossos serviços logo que possível para confirmar a consulta.
Será contactado pelos nossos serviços logo que possível para confirmar a consulta.